BOLETIM DIÁRIO

Em 02/12, às 16h:

Unidade de Internação/Emergência: 03 suspeitos | 06 confirmados
Internação em UTI: 01 suspeitos | 04 confirmados
Total: 04 suspeitos | 10 confirmados

Casos confirmados (nº acumulado desde março/2020): 166
Óbitos de casos confirmados (nº acumulado desde março/2020): 30

 

 

 

FLUXO DE ATENDIMENTO

Em casos suspeitos:

  • Se a avaliação é feita pela Secretaria Municipal de Saúde de Torres: é feita a coleta de exame e isolamento domiciliar, se possível. Havendo sintomas leves, o paciente é mantido em isolamento domiciliar por 14 dias. Depois, é encerrado o acompanhamento.

No caso de agravamento do quadro, com exame positivo ou sem resultado, o paciente é levado para o HNSN pelo SAMU mediante contato prévio com a UTI do Hospital. Ele entra pela Emergência, é atendido pela equipe da CTI. Depois, é encaminhado diretamente para o setor.

  • Se a avaliação não é feita pela Secretaria Municipal de Saúde de Torres: o paciente é levado para o HNSN após contato prévio do SAMU com a instituição. Ocorre o primeiro atendimento pela equipe assistencial dentro da ambulância, com a paramentação padrão para Síndrome Gripal (precaução para gotículas).

RESTRIÇÃO DE VISITAS

Todas as visitas a pacientes estão suspensas por tempo indeterminado desde o dia 22/03/2020. A decisão, de caráter preventivo, se deve aos cuidados em relação ao coronavírus. Estão permitidas somente trocas de acompanhantes, até que ocorra nova orientação.

EXAME DE DETECÇÃO

Por normativa do Ministério da Saúde, apenas pacientes hospitalizados (graves) e em pré-operatório de cirurgias de urgência farão os exames de detecção. Demais casos são encaminhados para a postos de saúde do município. O paciente, após atendimento e coleta de exame, se não fica internado, perde o vínculo com Hospital. Com isso, não há correlação de quais positivaram o teste e quais não.

NOTÍCIAS

COMPARTILHE ESTA PÁGINA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

Rolar para cima