A partir da esquerda: Adriano Pistorelo, Irmã Celsa Zucco e delegado Claudino S. Alves de Oliveira / Foto: Divulgação CAM

A gestão do fluxo de atendimento e os agendamentos para regularização da situação de imigrantes no Brasil ganharão nova dinâmica a partir da parceria estabelecida entre o Centro de Atendimento ao Migrante (CAM) e a Polícia Federal (PF), por meio de sua delegacia regional em Caxias do Sul. O acordo entre as entidades foi firmado na manhã desta quarta-feira, 17 de fevereiro, em reunião na sede da PF na Serra, com a participação de representante do Ministério Público Federal (MPF). As principais beneficiadas serão as mais de 80 pessoas atendidas semanalmente pelo serviço mantido pela Associação Educadora São Carlos (AESC).

Leia também: CAM recebe representante do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados

No turno da tarde, o delegado-chefe da PF, Claudino Sebaldo Alves de Oliveira, esteve na sede do CAM para conhecer pessoalmente a estrutura e a equipe, sendo recebido pela diretora Irmã Celsa Zucco e o advogado de Migrações Adriano Pistorelo. Alves de Oliveira teve acesso ao Plano de Trabalho 2021 e o Relatório de Atividades 2020, documentos que levou para estudo e compreensão de todas as etapas do serviço promovido pelo Centro. Ao final, o visitante se disse muito satisfeito com a passagem pelo local, nesta que pode ser considerada a primeira visita formal da Polícia Federal ao CAM, desde o início de suas atividades, em 1984.

Este post tem um comentário

  1. Boa tarde quero tirar uma dúvida, vocês ajudam a obter os documentos brasileiros já que sou migrante sim documentos

Deixe uma resposta

Fechar Menu