Hospital Santa Luzia, em Capão da Canoa | Foto: Brun Filmes/Emmanuel Denaui

Nesse verão, para quem se dirige ao litoral norte, tão importante quanto seguir os cuidados básicos como uso de máscara, higiene de mãos e distanciamento seguro, é conhecer a estrutura de saúde disponível para oferecer suporte às necessidades de moradores e turistas. A Associação Educadora São Carlos (AESC) é responsável por manter o Hospital Santa Luzia, em Capão da Canoa, uma das praias mais procuradas do Rio Grande do Sul. As informações a seguir têm como objetivo esclarecer a população, despertando para o senso de corresponsabilidade nesse momento em que aumentam os casos de Covid-19 em todo estado. 

Sobre o Hospital
O Hospital Santa Luzia é uma instituição privada, mantida pela AESC. O atendimento ao SUS é de forma complementar e disciplinada através de contratação formal com o Estado do Rio Grande Sul. A oferta de atendimentos ao SUS significa mais de 92% da estrutura e o restante é destinado ao atendimento de convênios privados.

Os recursos públicos oriundos do Ministério da Saúde são operacionalizados por meio da Secretaria Estadual da Saúde, e o complemento necessário à manutenção, investimentos e custeio do HNSN é feito pela mantenedora, AESC, com recursos próprios.

Abrangência
O Hospital Santa Luzia é referência para atendimento aos municípios da microrregião que inclui de Capão da Canoa, Xangri-Lá, Maquiné, Terra de Areia e Itati.

Estrutura
O Hospital Santa Luzia dispõe de 96 leitos pelo Sistema Único de Saúde – SUS (incluindo os 11 leitos de UTI Adulto Tipo II, sendo um leito – ampliação para a pandemia de Covid-19) e cinco leitos para convênios, totalizando 101 leitos.

Por questões físicas, não é possível ampliar o número de leitos no verão. A estrutura permanece a mesma, porém, há uma diminuição natural nos procedimentos cirúrgicos eletivos. Para atender à demanda, principalmente na emergência, ocorre a contratação temporária de profissionais médicos, de enfermagem e outros, justamente para ampliar a assistência em caráter emergencial.

Importante destacar que, durante o verão, o município de Capão da Canoa, com 51 mil habitantes, mais que dobra a população flutuante, superando as 100 mil pessoas, com os veranistas. 

Equipe
O Hospital Santa Luzia possui 390 funcionários, além dos prestadores de serviços terceirizados, seguindo escalas de plantão, cobrindo as 24h do dia.

Capacidade de atendimento
Em média, o Hospital Santa Luzia realiza 16 internações/dia. Por mês, ocorrem 500 cirurgias, aproximadamente 2.000 mil consultas ambulatoriais, 1.000 atendimentos na emergência, além de 100 partos e mais de 10 mil exames e outros procedimentos.

Com o estabelecimento da pandemia da Covid-19, e visando a observância a todos os regramentos legais, tanto protocolares quanto na segurança pelo distanciamento social, o volume de atendimento foi adequado e estas normativas, diminuindo os procedimentos de caráter eletivo enquanto perdurar a pandemia.

 

Recursos para o período do verão
De acordo com a Portaria Nº 728/2020 da Secretaria Estadual da Saúde, emitida em 20 de novembro, o Hospital Santa Luzia está entre as entidades hospitalares beneficiadas com recursos financeiros no valor de R$ 300 mil destinados a municípios e Entidades Hospitalares impactados pelo aumento populacional, visando ao custeio e ao incremento das ações e serviços de saúde, de novembro 2020 a março de 2021, em razão da pandemia do Coronavírus e da Operação RS Verão Total 2020/2021.

Atenção à Covid-19

Leitos disponíveis
O Hospital Santa Luzia (HSL) atende às diretrizes do Plano de Contingência da Secretaria Estadual da Saúde do RS, ofertando três leitos de UTI Adulto Tipo II com habilitação provisória, além de 12 leitos de enfermaria.

O HSL recebe pacientes com confirmação de Covid-19, desde que tenha a vaga disponível, sendo referência para as unidades de pronto atendimento da microrregião (Capão da Canoa, Xangri-Lá, Maquiné, Terra de Areia e Itati).


Testes
O Hospital Santa Luzia não oferece testes RT-PCR ou testes rápidos. Porém, realiza testes em casos suspeitos em atendimento na Emergência. Para pacientes suspeitos/internados em enfermaria Covid-19, é realizado RT-PCR.

Triagem
A emergência do Hospital Santa Luzia trabalha com o protocolo de classificação de risco, via HumanizaSUS. Caso o hospital não tenha condições de receber novos pacientes, a unidade solicitante deverá contatar a central de leitos para o encaminhamento necessário.

Ocupação de leitos
Para saber índice de ocupação do Hospital existem duas formas: no site AESC Coronavírus, com os boletins diários (https://www.aesc.org.br/coronavirus/santa-luzia/#status-diario), atualizados de segunda a sexta-feira, ou pelo dashboard da Secretaria Estadual da Saúde (https://covid.saude.rs.gov.br/).

Deixe uma resposta

Fechar Menu